ATENDIMENTO

Profissionais do atendimento domiciliar do HUT fazem curso no Hospital Oswaldo Cruz

Conhecimentos serão transmitidos para os demais profissionais que integram a equipe do HUT

30/08/2017 | 13:12 Imprimir Enviar por email
Profissionais do atendimento domiciliar do HUT fazem curso no Hospital Oswaldo Cruz

O atendimento domiciliar do Hospital de Urgência de Teresina (HUT) é um serviço oferecido pela Prefeitura de Teresina como forma de humanizar ainda mais o atendimento e desafogar a rede hospitalar. Assim, para atualizar o conhecimento das equipes e melhorar ainda mais as estratégias de desospitalização a coordenadora e enfermeira da Equipe Multidisciplinar Atendimento Domiciliar (EMAD), Erilene Pontes, e a Fisioterapeuta, Layanne Portela, participaram do curso de Ventilação Mecânica Invasiva Domiciliar na Atenção Domiciliar oferecido pelo Hospital Alemão Oswaldo Cruz (HAOC).

De acordo com Erilene participar do curso foi muito importante, pois além de poder transmitir os conhecimentos adquiridos para toda a equipe foi possível perceber que o trabalho realizado pela EMAD do HUT está à frente de muitos estados do Brasil. “Essa troca de experiência foi muito gratificante, pois percebemos que nossas técnicas e nossos protocolos seguem os padrões estabelecidos internacionalmente”, destacou a coordenadora.

Ainda segundo Erilene, a maioria dos pacientes graves recebe alta hospitalar em ventilação mecânica. “Para que a assistência em domicilio seja de qualidade nossos profissionais da EMAD estão constantemente passando por reciclagem, cursos, treinamentos e atualizações. Tudo que chega de novo no mercado com relação à Atenção Domiciliar nós estamos buscando para oferecer para os nossos pacientes”, completou.

Desde 2014 o HUT oferece esse serviço aos seus pacientes e já atendeu mais de 300 pessoas. A Equipe realiza visitas diárias de acordo com a necessidade de cada paciente. Dr. Gilberto Albuquerque, diretor geral do HUT, disse que a EMAD é responsável por acompanhar todo o processo de desospitalização do paciente. “A equipe faz o acompanhamento domiciliar até o total restabelecimento da pessoa. As famílias recebem todas as orientações necessárias para que os pacientes tenham uma maior autonomia quanto às atividades do dia a dia. No final ele é encaminhado para o Programa Saúde da Família (PSF)”, explicou o diretor.

Atenção Domiciliar é uma estratégia de desospitalização do Ministério da Saúde voltado aos pacientes que possuem quadro clínico estabilizado, mas que necessitam de cuidados continuados que podem ser fornecidos no ambiente domiciliar. São pacientes que estão em pós-operatório, portadores de ostomias, úlceras, acamados e/ou que necessitam de atendimento fisioterápico. 

O curso teve carga horária de 30 horas/aula e durante a programação foram abordados vários temas como: Principais indicações de ventilação mecânica invasiva domiciliar; Segurança do paciente em domicilio com foco em VMID; Fisiologia mecânica e respiratória; Parâmetros ventilatórios em VMID e sincronia paciente-ventilador, entre outros. 

 
Tags: hut

Adicionar Comentário