AVALIAÇÃO POSITIVA

OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital

Teresina é a terceira cidade a receber o Laboratório de Inovação Atenção Primária Forte

06/04/2018 | 12:57 Imprimir Enviar por email
OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital

Representantes da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) estiveram por três dias em Teresina, avaliando ações de saúde para o projeto Laboratório de Inovação Atenção Primária Forte, que tem por objetivo identificar e valorizar as práticas inovadoras que priorizam o cuidado centrado no paciente com mudança do modelo assistencial, por meio da divulgação e troca de experiências com outras regiões do Brasil e outros países.

“Foram três dias intensos de visitas a vários serviços de Teresina, principalmente aqueles que tem relação com a Atenção Básica em Saúde, foi muito interessante. Nós que temos a oportunidade de estarmos visitando vários municípios vimos que Teresina realmente tem um diferencial no atendimento à saúde. Um serviço qualificado. E o que chama a atenção aqui em Teresina é a disponibilidade e a motivação da equipe em fazer diferente e prestar um serviço de qualidade. Essa é uma diferença que vemos como fundamental. O engajamento e a vontade das equipes de saúde de Teresina em prestar um bom atendimento à saúde da sua população”, afirmou Wellington Carvalho, da  OPAS.

Teresina é a terceira cidade a receber o Laboratório de Inovação Atenção Primária Forte, que até então estava nas cidades de Brasília e Porto Alegre. Na quarta-feira, 4, os representantes da OPAS estiveram na Central de Regulação do SUS e visitaram a Galeria do Inconsciente, local de lazer no Parque Estação da Cidadania que expõe obras realizadas por usuários dos Centros de Atenção Psicossocial. Além de também terem tido uma reunião com o prefeito Firmino Filho.

Na quinta-feira, 5, a equipe da OPAS visitou a Unidade Básica de Saúde do Poti Velho, Maternidade do Buenos Aires, Vigilância em Saúde da Fundação Municipal de Saúde e Academia de Saúde do Angelim. Hoje, 6, eles estiveram no Centro Municipal de Atendimento Multidisciplinar (CMAM), onde crianças com dificuldade de aprendizagem recebem atendimento terapêutico multidisciplinar e também no Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) Infantil. 

“Pudemos conhecer muito da organização, da retaguarda que a Fundação Municipal de Saúde oferece para que os serviços sejam executados e o que mais chamou a atenção foi a interação entre as equipes em todos os serviços com a comunidade a que elas estão servindo. Isso é interessante de se mostrar, que juntos governo e população todos imbuídos no objetivo de prestar um serviço melhor para a população e ouvindo os anseios da população o serviço tem mais qualidade e mais efetividade e é isso que nós estamos vendo aqui. Uma ação bastante eficaz, claro com alguns dificuldades localizadas, e esses problemas localizados serão frutos de detalhamento do trabalho futuro. Uma segunda questão que me chamou muita atenção é o espírito dos trabalhadores da saúde nos serviços visitados. Pessoas altamente motivadas, altamente comprometidas e muito preocupadas em atender e bem a população que procura esses serviços”, afirmou José Agenor Alvares, da OPAS.

"A visita dos consultores e técnicos da OPAS à Teresina vai nos ajudar e orientar a melhorar mais ainda os serviços oferecidos pela saúde na área da atenção básica. São profissionais com muita experiência e com visão da saúde como um todo. Esta parceria está sendo muito enriquecedora para todos nós", disse Sílvio Mendes, presidente da FMS.

  • OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital
  • OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital
  • OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital
  • OPAS avalia como positiva visita realizada em serviços de saúde da capital
 
Tags: fms OPAS

Adicionar Comentário