VIVA INQUÉRITO

Hospitais públicos realizam pesquisa para caracterizar vítimas de violências e acidentes

A Pesquisa Viva Inquérito acontecerá durante os 30 dias de setembro em turnos selecionados pelo Ministério da Saúde

31/08/2017 | 12:36 Imprimir Enviar por email
Hospitais públicos realizam pesquisa para caracterizar vítimas de violências e acidentes

Começa amanhã, 1º de setembro, a partir das 7h, a 6ª edição da Pesquisa Viva Inquérito, que tem como objetivo analisar a tendência das violências e acidentes e descrever o perfil das vítimas de violências (interpessoais ou autoprovocadas) e dos acidentes (trânsito, quedas, queimaduras, dentre outros) atendidas em unidades de urgência e emergência selecionadas.

“Cinco hospitais municipais da capital participarão. O Hospital de Urgência de Teresina Professor Zenon Rocha (HUT), Hospital do Buenos Aires, Hospital do Dirceu, Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s) do Promorar e do Renasceça”, explica Elaine Monteiro, chefe do Núcleo de Vigilância de Violência e Acidentes da Fundação Municipal de Saúde.

Ela fala ainda que os entrevistadores que realizarão a pesquisa ficarão nas portas dos hospitais, não dentro. Eles abordarão as pessoas que chegam entrevistando para saber a causa da ida daquela pessoa à unidade de emergência. “Se foi por causa de violência ou acidente”, diz.

A Pesquisa Viva Inquérito acontecerá durante os 30 dias de setembro em turnos selecionados pelo Ministério da Saúde. Serão realizados plantões de 12 horas em um total de 25 plantões cada unidade de saúde participante. O Viva Inquérito foi realizado nos anos de 2006, 2007, 2009, 2011 e 2014. Inicialmente, o Viva Inquérito foi realizado anualmente (2006 – 2007) e, a partir de 2007, passou a ser realizado bianualmente e atualmente é realizada a cada três anos.

 

 
Tags: fms

Adicionar Comentário