COOPERAÇÃO

FMS faz reunião com a UFPI visando reduzir custos para o SUS

Na reunião entre FMS e UFPI foi fechado que a universidade agora ofertará treinamentos e qualificações aos servidores do SUS

13/03/2017 | 13:15 Imprimir Enviar por email
FMS faz reunião com a UFPI visando reduzir custos para o SUS

Gestores da Fundação Municipal de Saúde (FMS) reuniram-se hoje, 13 de março, com representantes do Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-SAÚDE GRADUASUS) da Universidade Federal do Piauí (UFPI) para fechar acordo entre as instituições, visando parcerias que possam gerar benefícios ao Sistema Único de Saúde, reduzindo custos.

“Queremos que as universidades nos repassem uma contrapartida, já que nossos serviços públicos são abertos aos estudantes para que eles se qualifiquem. Eles usam nossos espaços para aprendizado e nós, da gestão pública, desejamos ter maior parceria para uso dos espaços e serviços das universidades, para que possamos diminuir custos no Sistema único de Saúde”, explicou Sâmia Barros, da Diretoria de Planejamento da FMS. 

O Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET-SAÚDE GRADUASUS) foi lançado pelo Ministério da Saúde, por intermédio da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES), como fomento e organização das ações de integração ensino de graduação-serviço-comunidade nos territórios de saúde, para fortalecer o movimento de mudança da formação de graduação em saúde, aproximando-a do Sistema Único de Saúde (SUS).

Na reunião entre FMS e UFPI, foi fechado que a universidade agora ofertará treinamentos e qualificações aos servidores do SUS, enquanto a FMS renovou o convênio com o PET-SAÚDE, que vai durar até maio de 2018. 

“Já que estávamos reunidos com uma pessoa da UFPI que representava toda a instituição de ensino, também tratamos de outro ponto. O presidente da FMS, Sílvio Mendes aproveitou para falar da necessidade de o SUS também ter uma contrapartida da UFPI relacionada aos estagiários que atuam na rede pública de saúde. Foram sugeridas algumas contrapartidas que serão entregues à reitoria da Universidade Federal para análise. Nós sugerimos a utilização da farmácia escola, utilização da gráfica da UFPI, dentre outras. Esperamos que possamos entrar em um acordo”, afirmou Sâmia Barros, da FMS.

 
Tags: fmsM

Adicionar Comentário