CONSULTÓRIO NA RUA

Contratação de médico para Equipe do Consultório na Rua melhora atendimento a usuários

Quase 500 pessoas em situação de rua são cadastradas atualmente pelo Consultório na Rua

28/03/2018 | 11:29 Imprimir Enviar por email
Contratação de médico para Equipe do Consultório na Rua melhora atendimento a usuários

Um médico, a partir de agora, passará a fazer parte da equipe do Consultório na Rua, estratégia na área da saúde que visa atender a população em situação de rua na capital. Semanalmente é feito um mapeamento dos principais pontos da cidade com pessoas em situação de rua e a equipe itinerante (formada por enfermeiro, técnico de enfermagem, assistente social, psicólogo, duas agentes redutoras de danos), visita estes locais.

“Agora com médico na nossa Equipe do Consultório na Rua temos um grande ganho, pois facilita o acesso da população em situação de rua ao atendimento básico em saúde e no recebimento de encaminhamentos”, afirma Melissa Lima, assistente social do Consultório na Rua.

Quase 500 pessoas em situação de rua são cadastradas atualmente pelo Consultório na Rua. Eles realizam de 20 a 25 atendimentos semanais. “São variados, pois essa população muda muito de ‘endereço’. E é também uma população que está crescendo muito em Teresina e tem suas particularidades especificas, precisando de um atendimento em saúde diferenciado. A maioria dessa população é composta por adultos jovens, homens, 70 a 80% usam substâncias psicoativas, não possuem documentos pessoais de identificação, não nos dão condições de fazer um prontuário ou até mesmo o Cartão do SUS”, explica Melissa Lima.

Ela explica ainda que no primeiro contato com o paciente em situação de rua o objetivo é fortalecer o vínculo com o usuário para depois fazer a abordagem. A equipe conversa com o usuário para saber quais são suas possíveis demandas e a partir delas fazer os encaminhamentos, tanto para os setores de urgência como para os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e as Unidades Básicas de Saúde (UBS). “Realizamos ainda atendimentos individuais, atividades educativas em saúde e distribuição de insumos para prevenção de Doenças Sexualmente Transmissíveis”, diz Melissa.

 
Tags: fms Consultório na Rua

Adicionar Comentário