SETEMBRO AMARELO

Caminhada reúne mais de 100 pessoas pela Valorização da Vida

O evento aconteceu no Parque Estação Cidadania

11/09/2017 | 10:01 Imprimir Enviar por email
Caminhada reúne mais de 100 pessoas pela Valorização da Vida

A Fundação Municipal de Saúde (FMS), da Prefeitura de Teresina, realizou ontem, 10, ato alusivo ao Setembro Amarelo, mês de prevenção ao suicídio. O evento aconteceu no Parque Estação Cidadania e reuniu mais de 100 pessoas para uma caminhada e roda de conversa.

A atividade de prevenção ao suicídio conta com a parceria de todos os hospitais da rede municipal. Além dos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS), Serviço Móvel de Urgência (SAMU), Unidades de Pronto Atendimento (UPA’s), e colaboradores voluntários. O objetivo é conscientizar sobre o suicídio e suas formas de prevenção.

“Foi um momento bom para refletirmos e chamarmos a atenção do público presente com cartazes relativos ao tema prevenção ao suicídio e distribuindo material informativo”, explica Marlene Moura Fé, diretora Do Hospital da Primavera e uma das organizadoras do ato.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que ocorram, no Brasil, 12 mil suicídios por ano. No mundo, são mais de 800 mil ocorrências, isto é, uma morte por suicídio a cada 40 segundos, conforme o primeiro relatório mundial sobre o tema, divulgado pela OMS, em 2014.

Após a caminhada no Parque da Cidadania e um abraço coletivo, foi realizada uma roda de conversa coordenada por psicólogos da rede de atenção psicossocial do município, onde foram discutidos onde pedir ajuda em caso de ideação suicida e como ajudar a pessoa com essa ideação.

Outras ações

O Centro Integrado de Saúde Lineu Araújo (CISLA) realiza hoje, 11, e amanhã, 12, distribuição de laços amarelos alusivos à prevenção do suicídio. A FMS mantém há quase três anos o PROVIDA, ambulatório especializado no tratamento de pessoas com ideação suicida. O local fica dentro do CISLA e disponibiliza psicólogos e psiquiatra.

O PROVIDA atende todos os públicos, inclusive crianças e adolescentes e funciona de segunda a sexta, das 8h às 12h e das 13h30 às 17h30. O atendimento é por demanda espontânea, ou seja, não precisa de marcação prévia. O paciente é atendido por psicólogo e psiquiatra e, dependendo do quadro, inicia o acompanhamento no ambulatório. Em 2016, o ambulatório de prevenção ao suicídio realizou 3.137 atendimentos a pessoas com ideação ou crise suicida.

Durante todo o mês de setembro os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) estão realizando atividades com os usuários, abordando a temática de valorização da vida.

O CAPS III Sul fará um café da manhã dia 29 de setembro, no Parque da Cidadania, às 8h, em alusão ao Setembro Amarelo, momento especial de Valorização da Vida com a participação de toda a equipe multiprofissional.

O CAPS Norte, durante todo o mês de setembro, às quartas-feiras, a partir das 8h30, abordará a temática de prevenção ao suicídio junto aos usuários e familiares.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) realizará próximo dia 20, às 19h, no auditório da instituição, palestra alusiva à Valorização da Vida “Falar é a melhor opção”. 

A Ponte Estaiada vai ficar com a iluminação amarela ate o dia 16. 

 
Tags: fms Setembro Amarelo

Adicionar Comentário